7 dicas para iniciar um texto matador

Começar um texto sempre exige um grande esforço mental, não é mesmo? E tanto trabalho é verdadeiramente necessário, já que um bom primeiro parágrafo prende a atenção do leitor e o engaja para o restante do material.

No jornalismo, esse primeiro trecho é chamado de lead. E no Marketing Digital, um bom lead textual pode gerar inúmeros Leads – nesse caso, clientes em potencial.

Muitos de nós — inclusive você aí, que está lendo agora este texto — já julgamos o restante do conteúdo pelo título e primeiras linhas. É extremamente difícil darmos atenção a algo que não nos desperta interesse, tanto na vida como nos textos.

Assim, o lead do nosso material se torna ainda mais importante. E, falando sobre ele, vamos trazer alguns pontos de atenção e dicas para iniciar um texto.

7 dicas para iniciar um texto

1. Traga a dúvida do público

Sempre que for começar a escrever, tente se colocar no outro lado na situação de “se eu estivesse lendo, isso faria sentido para mim?”. Quando fazemos esse exercício, fica mais fácil descobrir quais informações podemos abordar.

Uma informação que não pode ser esquecida é a dúvida ou problema abordado no tema do conteúdo, já que podemos usar essa curiosidade pela solução para gerar mais engajamento de quem lê.

2. Fundamentos de um bom lead

O lead jornalístico deve responder a seis perguntas básicas. São elas: o quê, quem, quando, onde, por quê e como. Dentro do Marketing Digital, podemos adaptar e personalizar essas seis demandas para a necessidade de abordagem do nosso material.

Quanto mais perguntas conseguirmos responder em nosso primeiro parágrafo, mais fácil fica para o leitor seguir no restante do texto.

3. Objetividade e criatividade não são rivais

É possível escrever com clareza e desenvoltura ao mesmo tempo, sem deixar o início de texto chato e desinteressante. E, como tudo na vida, isso também exige prática.

Escreva e reescreva por várias vezes, leia colocando-se no outro lado da tela e repita o processo até você gostar do que leu e aprovar seu primeiro parágrafo.

4. Emoção acima da razão

De nada adianta ter o melhor produto do mundo se você não sabe como vendê-lo. A mesma lógica segue para o conteúdo produzido para seus futuros clientes. No seu lead, impactar emocionalmente é mais importante que atingir intelectualmente.

Seja apresentando um problema em comum, provocando ou até mesmo brincando com o humor, esteja certo que fisgou o lado sensitivo na sua oferta. Trazer apenas uma emoção básica também é fundamental, para evitar confusões de sentimentos na audiência.

5. A grande ideia

Apresentada pelo experiente redator John Forde, essa técnica consiste em basear todo o seu material em apenas uma ideia. Isso evita confusões e desalinhamentos durante a apresentação do conteúdo e também deixa mais clara a apresentação dos benefícios de seu produto.

6. Deixa eu te contar um segredinho…

Somos curiosos por natureza. Uns mais, outros menos, mas a verdade é que sempre queremos saber tudo, o tempo todo. Usar essa ânsia pelo saber em nossas chamadas de lead é uma tática excelente para gerar curiosidade do público pela nossa oferta.

E dizer para nossa audiência que queremos revelar um segredo torna nossa informação ainda mais valiosa e rara, já que ninguém quer ficar de fora do círculo do conhecimento.

7. Copywriting

Não, nesse tópico não vamos falar de direitos autorais, pode ficar tranquilo — nesse caso, seria “copyright”. Copywriting é, na verdade, uma técnica textual altamente persuasiva e focada exclusivamente na venda.

Os itens essenciais da técnica são, por ordem: chamar a atenção, explicar o problema, comparar diferentes modos de resolução, apresentar a sua solução, trazer o caminho para chegar até ela, tornar o leitor exclusivo, antecipar as objeções ao seu produto, storytelling, focar e pensar com a cabeça do cliente e, por fim, usar um CTA claro e chamativo.

That’s all, folks!

As dicas que você acabou de ler não vão te transformar instantaneamente no novo Machado de Assis ou na futura J.K. Rowling, mas tenho certeza que seu próximo texto vai começar bem melhor que os anteriores.

E assim como nossos grandes ídolos das palavras, devemos praticar muito para chegarmos à excelência. Quando atingir esse nível, siga treinando para não sair dele.

Se você ainda acha que o primeiro parágrafo de um texto não é importante, trago a Lei de Pareto 80 20. Segundo o economista e sociólogo italiano Vilfredo de Pareto, 20% da amostragem sempre corresponde a 80% do resultado em absolutamente TODAS as áreas – todas mesmo, das peças que usamos no guarda-roupa até a saúde pública mundial.

Pensando assim, porque não valorizar o nosso primeiro quinto de conteúdo para garantir o sucesso final da nossa abordagem? E para te ajudar a sistematizar a produção, baixe no nosso eBook + Checklist de Como publicar um post no blog! É só preencher os dados abaixo para ter acesso gratuitamente.

Marcadores:

Artigo Original

Deixe uma resposta