6 Coisas que Todo Líder de Sucesso Faz e Como Copiá-los

Ser um líder é difícil.

A maioria das pessoas não nasce com o talento inato de poder fazer e de inspirar as pessoas diaramente

Mas você não precisa ser assim para ter sucesso.

Você pode aprender liderança, como qualquer outra habilidade.

Isso envolve muita prática e foco, mas você pode treinar para ser um excelente líder.

Uma parte fundamental de ser um bom líder é capacitar seus funcionários. Coaching significa oferecer feedback positivo e construtivo aos seus funcionários, para ajudá-los a crescer.

Também significa trabalhar juntos para alcançar objetivos comuns, ao invés de ser apenas “o chefe”.

Líderes que se destacam no treinamento têm 3 vezes mais funcionários estrelas em seus times.

pasted image 0 2197

Eu prefiro ficar longe de gerenciar e liderar meus funcionários.

Quando meu co-fundador, Hiten Shah, e eu estávamos trabalhando com Crazy Eggs e Kissmetrics juntos, ele lidava com todos os recursos humanos.

Você pode não ter a sorte de ter um co-fundador que que possa assumir as funções de liderança do seu negócio.

Ou talvez você goste de gerenciar pessoas, mas queira melhorar as suas habilidades.

Qualquer que seja a sua motivação, uma boa regra para aprender liderança é sempre tratar os outros como gostaria de ser tratado.

Parece brega, mas funciona.

No entanto, existem algumas dicas de liderança comuns que todo líder deveria saber

Descubra agora 6 coisas que os grandes líderes fazem e como você pode copiá-los.

 

Incentive os funcionários a pensar como donos

Líderes têm a difícl tarefa de inspirar as pessoas que trabalham para eles, mesmo quando o trabalho que estão fazendo é menos que inspirador.

Grandes líderes sabem que precisam mostrar como o trabalho aparentemente sem importância de um funcionário contribui para os grandes objetivos de uma empresa.

Um bom exemplo é Jeff Bezos, CEO da Amazon.

Ele quer que os funcionários da Amazon pensem como donos. Ele quer pessoas talentosas e inovadoras que se preocupem o suficiente com o negócio para trabalhar mais do que qualquer outra pessoa.

Não é o que todos nós queremos?

A equipe da Amazon cresceu rapidamente, com 380,000 empregados em 2017.

pasted image 0 2195

Atrair um grande número de pessoas talentosas e que pensam como donos é uma tarefa difícil.

Então, Bezos os fez proprietários.

Devido à sua cultura inovadora, a Amazon lançou em 2005 o programa Prime, que tornou uma entrega de dois dias uma realidade.

E isso quando as pessoas esperavam uma semana pelas suas compras! Agora, estamos mimados e esperamos o envio no dia seguinte.

Então, a Amazon deu um passo adiante para surpreender seus clientes e ofereceu a entrega no mesmo dia.

A expectativa de Bezos de que os funcionários devem pensar como donos os capacita para criar soluções inovadoras para resolver problemas dos seus clientes.

O ato de dar a um empregado uma participação na empresa os lembra que eles não são apenas uma engrenagem na máquina. Eles também são donos dela.

Suas ideias são valiosas.

Bezos reforça isso todos os anos com a sua famosa carta anual para todos os acionistas e empregados, que é pública e muitas vezes elogiada como um exemplo de liderança sólida.

Ser capaz de fazer algo bom para os outros e fazer a diferença são os principais fatores de motivação para os funcionários.

pasted image 0 2198

Empregados que se sentem respeitados são mais conectados com a empresa e sua visão.

Não é nada extremamente complexo, certo? Trate seus empregados com respeito, e eles produzirão grandes ideias para você.

Dê feedback regularmente

Grandes líderes tiram um tempo para conhecer seus funcionários, tanto pessoal quanto profissionalmente.

Eles discutem regularmente objetivos de carreira, e como podem ajudar um empregado a alcançá-los.

Eles perguntam sobre os filhos e a família, seus planos de férias e sempre se lembram do aniversário deles.

E eles não fazem isso para parecerem pessoas atenciosas. As pessoas percebem quando você finge ser legal.

Grandes líderes fazem isso porque estão genuinamente interessados na vida e nos sentimentos dos seus funcionários.

Mas nem tudo são rosas.
Ajudar seus funcionários a alcançar seus objetivos está trazendo feedback negativo.

Um estudo de Zenger Folkman publicado na Harvard Business Review mostra que os funcionários querem ouvir críticas negativas, embora a maioria dos gerentes não goste de dá-las.

pasted image 0 2199

Nem todos os funcionários querem ouvir a mesma coisa.

O estudo também mostra que, quanto mais confiantes os funcionários são no trabalho, mais eles querem ouvir um feedback negativo.

pasted image 0 2202

Você pode pensar que vai estragar o dia do seu funcionário mais extrovertido e confiante se você lhe desse um feedback negativo.

Mas há grandes chances de ser exatamente o que ele quer ouvir!

Seus funcionários de melhor desempenho desejam comentários mais construtivos. Eles estão sempre à procura de desenvolver e melhorar suas habilidades.

Se eles não souberem onde estão, como saberão o que melhorar?

Em uma pesquisar recente sobre as principais queixas dos funcionários sobre os seus líderes, 39% dos entrevistados reclamaram que os líderes empresariais não deram críticas construtivas. pasted image 0 2200

Isso veio logo acima de “não saber os nomes dos seus empregados”. Eca.

Se você não consegue se lembrar da última vez que deu um feedback positivo ou negativo a um de seus empregados, é provável que já tenha sido há muito tempo.

Faça um esforço para dar feedback a pelo menos parte da sua equipe todos os dias.

Feedback também é uma via de mão dupla!

Programe uma reunião individual mensal ou semanal. Faça com que eles saibam o quanto você aprecia o o trabalho duro deles, e também o que eles podem melhorar na próxima vez.

Além disso, certifique-se de que se sintam confortáveis para vir até você com quaisquer perguntas ou problemas, mesmo que a questão seja com você.

Estar aberto para receber comentários de seus funcionários permite que eles confiem em você.

Sinta-se feliz com o sucesso dos outros, não ameaçado

Grandes líderes sabem que é sua missão ajudar aqueles que estão sob sua gestão a ter sucesso.

Mas alguns gerentes deixam o medo tomar conta quando veem outra pessoa indo bem em seus objetivos.

Eles pensam que se seu empregado faz o seu trabalho melhor que eles mesmos, esse funcionário vai acabar ocupando o seu emprego.

E talvez seja verdade! E você deve capacitar ativamente seus melhores funcionários para assumir o seu cargo. você tem seus próprios objetivos. Talvez você queira o cargo do seu chefe, assim como seu funcionário eventualmente quer o seu emprego.

E você pode ajudá-los a chegar lá. Ser mentor dos seus empregados não significa apenas dar feedback regularmente.

É deixá-los saber que você vê potencial neles, e que você quer ajudá-los a crescer na carreira dentro da empresa.

É deixar claro quais são os próximos passos. Isso pode ser uma promoção para um departamento diferente, ou assumir um cargo de gerência um dia.

Para que sua mentoria seja bem-sucedida, você deve checar seus pupilos regularmente. Defina metas claras, acompanhe o processo e converse sobre os obstáculos que eles enfrentam.

 

Você é a pessoa a quem eles devem recorrer para qualquer coisa relacionada à carreira!

Mesmo empresários famosos tiveram seus grandes mentores.

Mark Zuckerberg teve Steve Jobs como mentor, e Bill Gates teve Warren Buffett.

A Boeing tem um programa de mentoria robusto. Eles unem líderes experientes com novos talentos que trabalham em várias áreas da empresa, de RH a TI.

Uma parte interessante desse programa de mentoria é que ela é feita em pares.

Empregados com experiências diferentes se reúnem com seus colegas um a um, para aprender novas formas de pensar.

Construir essas habilidades interpessoais prepara-os para uma carreira de liderança bem sucedida mais tarde.

Seu programa de mentoria não precisa ser tão formal.

Você só precisa deixar claro para os seus aprendizes que você está lá para apoiá-los. Acompanhe regularmente o progresso deles e esteja preparado para suas vulnerabilidades sobre as dificuldades de suas carreiras.

 

Antecipe-se

Pode ser difícil confiar em líderes empresarias que não abrem o jogo com você.

Enquanto algumas empresas pensam que um bom trabalho de RP é manter as coisas por baixo dos panos, os consumidores querem saber o que está acontecendo.

Um exemplo famoso é o vazamento de óleo da plataforma Deepwater Horizon da BP em 2010.

Muitas pessoas se indignaram não só pelo vazamento, mas pela forma que a empresa tratou do caso na mídia.

Isso custou muito dinheiro à BP, mas também impactou fortemente a sua marca.

Sua marca e reputação valem mais que a sua planilha financeira.

Consumidores e empregados gostam de se manter informados, mas algumas empresas ainda preferem nos manter no escuro.

Olha, eu entendo. As empresas não gostam de se antecipar porque têm medo da nossa reação. Mas é importante mostrar respeito aos clientes e funcionários, mantendo-os informados das decisões que os afetarão.

Para ser um grande líder, você precisa aprender como dar más notícias da maneira mais eficaz e compassiva possível.

bad news messages 19 638

Quando o destino de outras pessoas está em suas mãos, você deve dizer a verdade a elas, mesmo que isso seja difícil.

82% das pessoas pensam que líderes empresariais não dizem a verdade.

pasted image 0 2203

Se você é um líder novato, não pode apenas dizer às pessoas para confiar em você e esperar que isso seja suficiente.

Os seus empregados precisam ver ações consistentes antes que possam confiar em você.

Isso significa que você não pode mentir sobre pequenas coisas e, em seguida, alegar que está falando a verdade em coisas grandes.

Dê tempo para que a confiança se desenvolva, e não culpe seus funcionários se eles não confiarem em você de imediato. Você nunca sabe com quem tipo de líderes eles trabalharam no passado.

Apoie sua equipe a todo custo

Às vezes, você pode ver um de seus funcionários em meio a uma reclamação injusta de um cliente.

Grandes líderes sempre defendem seus empregados, especialmente em público. Em particular, pode ser bom um treinamento sobre como lidar melhor com um cliente enfurecido.

Mas, para o mundo, um líder deve aparecer 100% do lado do seu empregado, pronto para lutar ao lado deles.

 

Não quer dizer que seus clientes estão automaticamente errados, ou que você deva ignorá-los.

Você deve a avaliar a situação como um todo, e julgar quem está errado por si mesmo.

Apoiar seus empregados não significa perdoar um mau atendimento de um cliente. Significa dar um feedback em particular, ao invés de embaraçá-los em público.

Defender sua equipe gera confiança, o que é importante em todos os níveis.

No entanto, construir confiança nos líderes executivos tem o dobro de impacto no engajamento, em oposição aos supervisores imediatos.

pasted image 0 2196

Os funcionários precisam confiar no seu supervisor imediato. Mas confiar na liderança superior de uma empresa significa confiar na organização como um todo.

Esse é um poderoso motivador para incentivar o desempenho.

Um exemplo notável é a Southwest Airlines. Depois do 11 de Setembro, muitas empresas aéreas anunciaram demissões e corte de benefícios para os que ficaram.

O então CEO da Southwest, James Parker, anunciou na mesma época que a Southwest não demitiria ninguém. Ele também anunciou um novo plano de participação nos lucros da empresa.

Enquanto outras empresas deixavam seu pessoal para trás, imagine como foi aliviador para os empregados da Southwest ouvir esse comunicado.

Apoiar a sua equipe pode ser feito de uma maneira mais pessoal também.

Em 1997, um assalto à Starbucks em Washington D.C. resultou na morte de 3 empregados.

O CEO da Starbucks Howard Schultz não respondeu da forma que a maioria dos líderes faria.

Ele não ligou para o departamento de relações públicas e emitiu um comunicado de imprensa. Ele não pediu para que seus assistentes enviassem flores ou criou um programa de apoio aos familiares das vítimas.

Ao invés disso, ele pegou um avião e voou imediatamente para Washington.

Ele cancelou sua agenda e passou uma semana com os familiares das vítimas. Ele ofereceu suas condolências pessoalmente, ao invés de se esconder atrás de sua empresa.

Seu cuidado genuíno pelos funcionários mostrou o seu nível de suporte para a sua equipe, fossem locais ou do outro lado do país.

Eles não têm medo de estarem errados.

Grandes líderes são inovadores.

Eles têm novas ideias, aperfeiçoam processos e geralmente tentam melhorar tudo o que eles tocam.

Para ser bem sucedido nisso, você precisa manter seu ego sob controle.

Uma grande ideia no papel pode não funcionar tão bem na vida real.

Você se lembra do primeiro Google Glass?

Grandes líderes sabem quando é hora de jogar a toalha em um experimento e tentar outra coisa. Eles querem resolver um problema, e não provar a si mesmos.

Um estudo no Reino Unido descobriu que funcionários e líderes discordavam da frequência com que os últimos realmente admitiam seus próprios erros. Screen Shot 2017 08 31 at 1.48.02 PM

Quando perguntados sobre o porque da hesitação em pedir desculpas, os comentários mais frequentes dos líderes relacionavam-se a não querer parecer fraco ou incompetente.

Na verdade, é exatamente o contrário!

Desculpar-se pelos seus erros mostra que você é humano.

Se um empregado meu comete um erro, eu prefiro que ele admita e diga: “Sim, eu errei. Mas aprendi a lição e não vou cometê-lo novamente.”

Seus empregados querem ouvir o mesmo de você.

Uma empresa que promove muito bem essa atmosfera de humildade é a Pixar.

Ed Catmull, presidente da Pixar, descreve a falha como uma peça chave da sua cultura corporativa.

A Pixar encoraja todos os seus empregados a expressarem suas ideias sem medo de serem ridicularizados.

Na verdade, a falha não é só encorajada – ela é esperada.

Andrew Stanton, o diretor da empresa, diz aos funcionários que “falhem logo e falhem rápido.”

Ele argumenta que simplesmente aceitar o fracasso não é o suficiente. Se os funcionários não estão falhando em nada, eles estão fazendo algo errado.

Ninguém é bem sucedido o tempo todo.

Essa mentalidade de aceitar os erros ajuda-os a ter boas ideias para os filmes e transformá-los nos clássicos que conhecemos hoje.

Conclusão

Liderança nunca é fácil.

Há muitas escolas que a ensinam, mas você não pode simplesmente ter um diploma. Sem a experiência do mundo real, você nunca vai entender como construir um time sólido.

Muitas pessoas confundem ser um gerente com ser um líder.

pasted image 0 2201

E não é a mesma coisa de forma alguma.

Gerência é uma posição que lhe é dada, mas liderança é uma coisa que precisa ser conquistada.

Você precisa se preocupar genuinamente com seus funcionários e ajudá-los a serem bem sucedidos.

Dar feedback precisa ser uma coisa natural para você, mesmo que pareça que você pode ferir os sentimentos de alguém.

Você precisa aprender a entregar críticas construtivas com tato e graça, para que elas sejam aceitas como uma experiência de aprendizagem.

Um líder defende o seu time e nunca os despreza na frente de clientes ou outros funcionários. Você ganha respeito por mostrar respeito.

Sobretudo, você precisa se manter humilde.

Você não é infalível, e suas ideias também não.

 

Você já trabalhou para um grande líder? Como eles fizeram você se sentir valorizado como empregado? 

Blog Fonte

Deixe uma resposta